Como faço para parar o meu gato de arranhar minha mobília?


Como faço para parar o meu gato de arranhar minha mobília?

Arranhar é uma atividade natural de um gato, é uma espécie de marcação de território e também uma forma de se alongar, mas o problema é se seu “bichano” escolher justamente seu sofá para se alongar ou marcar território. Para que isso não ocorra, você pode presenteá-lo com um belo poste de arranhar, assim ele pode se alongar, marcar território ou simplesmente arranhar por arranhar sem comprometer a mobília de sua casa.

Caso deseje improvisar, você mesmo pode montar o poste. Gatos gostam de superfícies ásperas, portanto, um poste coberto com um carpete ou corda é ideal. O poste precisa ter uma altura boa, para que o gato consiga se alongar totalmente, e também precisa ser seguro e bem firme. Se o poste cair facilmente, seu gato pode ficar com medo dele.

Caso seu “bichano” já tenha um local para arranhar, você coloca o poste naquela área e brinque com ele perto do poste e sempre elogie quando usar o poste. Desta forma você pode leva-lo gradualmente para o local que preferir (mas não muito longe de casa, se não ele perde o interesse pelo poste).

Mas adote.me, eu já tenho móveis marcados com arranhões. E agora?

Quando um gato marca um móvel com suas garras, ele também terá marcado o móvel com seu cheiro e isso fará com que ele volte. Utilize um produto que remova odores e também se preferir cubra o local com um filme plastico (aqueles utilizados para guardar alimentos) ou fitas dupla-face, para deixar o local menos atraente. No caso da fita dupla-face, a superfície ficará escorregadia e não terá graça passar suas garras por ali.

A idéia é redirecionar o ato de arranhar para um lugar mais apropriado.

Raramente os veterinários recomendam a extração das garras de um gato. As garras são uma parte natural de sua anatomia e ajudam no equilíbrio e na função de segurar coisas, bem como na defesa. Gatos sem garras se sentem inseguros e indefesos – e literalmente não conseguirão se proteger no duro mundo fora de casa.

Fonte: petfinder.com
Texto traduzido e adaptado.

Compartilhe


Comentários